Mosteiro – Oleiros

É uma freguesia do concelho de Oleiros, com 17,17 km² de área e 422 habitantes (2001). Densidade: 24,6 hab/km². Dista 6 quilómetros da sede do concelho e é freguesia desde 1805, depois de ter sido desmembrada da de Oleiros.

É nesta freguesia que é cultivado o vinho calum, ao longo das margens da ribeira, é bastante reputado e merece uma referência especial. Trata-se dum vinho branco, muito ligeiro, de baixo teor alcoolico que por vezes se compara com o vinho verde.

A sua produção é no entanto muito reduzida, não chegando aos circuitos de comercialização, estando maioritariamente encarregue da sua difusão a ARCVASO.

Madeirã – Oleiros

oleiros.jpg

Esta freguesia foi erigida e desanexada da de Álvaro no ano de 1732. Situa-se a Oeste do concelho, com uma área de 29,9 Km2, fazendo fronteira com os concelhos vizinhos da Sertã, por via térrea e Pampilhosa da Serra, por via fluvial.

Tem tradição na renda macramé e são famosas as suas Cavacas e o Bolo de Mel. A produção de Aguardente de Medronho está também bastante associada a esta freguesia.

Apresenta ainda um núcleo antigo de arquitectura tradicional, encontrando-se muitos dos edifícios habitados e em bom estado de conservação. Sugere-se a visita à Igreja Matriz e à capela do Senhor Jesus de Vale Terreiro. A padroeira desta freguesia é Nossa Senhora do Carmo.

Destacam-se um conjunto de lugares como a Cava e os Vilares.

Nesta freguesia existe uma unidade hoteleira de Turismo Rural, de nome “Vilar dos Condes”, situada no lugar Vilares.

 Fonte: Município de Oleiros

Amieira – Oleiros

oleiros.jpg

O topónimo desta freguesia, Amieira, parece estar relacionado com terra de amieiros.

É quase certo que em 1194 ainda a terra era deserta quando da doação da região à Ordem do Hospital. O mais provável é que os povoadores tenham acorrido após garantias de protecção e outras regalias oferecidas pelos grandes senhores da região, os cavaleiros do Hospital.
Freguesia desde o ano de 1804, situa-se a Norte de Oleiros, com uma área de 28,2 Km2.

Do conjunto arquitectónico destaca-se a capela de São Francisco, sendo S. Francisco de Assis o padroeiro desta freguesia.

Salientam-se desta freguesia os aglomerados: Abitureira, Urraca e Sendinho da Senhora.